Ministério da Cultura adquire Gomil de porcelana chinesa do séc. XVI e joia da rainha Maria Pia

Saber | Cultura
  • Data

    18.05.23

O Ministério da Cultura, através da Comissão para Aquisição de Obras de Arte para os Museus e Palácios Nacionais, vai adquirir dois bens a incorporar nas coleções do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) e do Palácio Nacional da Ajuda (PNA): um gomil de porcelana, datável do período do Imperador Zhengde (1506-1521), à Fundação Ricardo Espírito Santo Silva por 825 mil euros, e uma joia da Rainha D. Maria Pia (1847-1911), a um particular, por 35 mil euros.

Estas aquisições refletem a política de valorização das coleções nacionais assumida pelo Governo, concretizada já em 2022 na compra de sete obras destinadas ao MNAA, ao Museu Nacional do Azulejo e ao Palácio Nacional da Ajuda/Museu do Tesouro Real, num investimento global de 1,4 milhões de euros.

A Comissão para a Aquisição de Obras de Arte para os Museus e Palácios Nacionais tem por missão «propor a aquisição de bens culturais de excecional relevância patrimonial, considerados fundamentais para as coleções dos museus e palácios nacionais». A funcionar no âmbito da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), tem um orçamento de dois milhões de euros em 2023.

É constituída pelo diretor-geral do Património Cultural, João Carlos dos Santos, e pelos diretores dos Museus Nacionais de Arte Antiga, Joaquim Caetano, do Azulejo, Alexandre Pais, do Soares dos Reis, António Ponte, e do Palácio Nacional da Ajuda, José Alberto Ribeiro.

Fonte: Portugal.gov.pt

Saber mais: Portugal.gov.pt

Veja Também