Portugal recupera no emprego na Cultura em 2021 face a 2020

Saber | Cultura
  • Data

    04.10.22

De acordo com informação estatística divulgada pelo Gabinete europeu de estatísticas (Eurostat), em 2021 existiam cerca de 7,36 milhões de trabalhadores no setor cultural e criativo na União Europeia (UE), quando em 2020 totalizava 7,14 milhões de trabalhadores.

Em comparação com o ano de 2019 registou-se um aumento do número de trabalhadores em 14 países da UE, entre os quais se destacam três Estados-membros: Letónia e França, ambos com uma subida de 13%, e Portugal, com um aumento de 12%, ou seja, mais 20.000 trabalhadores.

O setor cultural da União Europeia perdeu cerca de 222.000 trabalhadores em 2020, em comparação com o ano de 2019.

Em 2011 havia 3,76 milhões de homens e 3,60 milhões de mulheres (51% em comparação com 49%), com a menor disparidade de emprego de gênero já registrada no setor.

Consulte, aqui, a informação estatística da Eurostat.

Veja Também