Ministro da Cultura designa subdiretores-gerais do Património Cultural

Saber | Cultura
  • Data

    31.05.22

O ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, designou para os cargos de subdiretoras-gerais da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) Rita Jerónimo, na sequência de concurso público desenvolvido pela Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CRESAP), e Paula Sofia Tavares, em regime de substituição. As duas nomeações têm efeitos a 18 de maio último.

Com responsabilidade pela área dos Museus, Monumentos e Palácios, Rita Jerónimo é subdiretora-geral da DGPC em regime de substituição desde dezembro de 2020. Agora, na sequência de resultado obtido em concurso da CRESAP, é nomeada em comissão de serviço por um período de cinco anos.

Paula Sofia Tavares é designada para o cargo de subdiretora-geral do Património Cultural em regime de substituição, considerando que o cargo se encontrava vago e que importa acautelar o normal funcionamento da DGPC até à conclusão de concurso da CRESAP. A nova subdiretora-geral sucede a Rui Santos, que cessou funções a seu pedido em março de 2022.

Nos termos do Decreto-Lei n.º 115/2012, de 25 de maio, a DGPC é dirigida por um diretor-geral, coadjuvado por quatro subdiretores-gerais, cargos de direção superior de 1.º e 2.º graus, respetivamente.

Saber mais: Portugal.gov.pt

Fonte: Gabinete do Ministro da Cultura

 

Veja Também