Apresentação do Plano Indicativo da Ação Cultural Externa para 2022

Saber | Cultura
  • Data

    08.02.22

O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que Portugal tem conseguido projetar em 70 a 80 países, de todos os continentes, as suas artes, os seus artistas e o seu património.

«Isso tem um significado cultural em si mesmo e tem, também, um significado muito importante para a nossa economia, para qualificação do nosso turismo, para a atração de capital humano e de outro capital para o nosso País. Tem também um importante resultado em termos da nossa diplomacia», disse.

O Ministro falava durante Apresentação do Plano Indicativo da Ação Cultural Externa para 2022, em Lisboa, onde participou também a Ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Durante a sua intervenção, Augusto Santos Silva relembrou os eixos fundamentais da estratégia do Plano: valorização do património português, valorização da nossa língua, participação em eventos internacionais de referência, promoção das nossas industrias criativas, promoção da combinação entre cultura e turismo e valorização das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro.

Entre as várias iniciativas previstas para 2022, o Ministro destacou o 5 de maio (Dia Mundial da Língua Portuguesa), o quinto centenário da circum-navegação ou a temporada cultural cruzada entre Portugal e França, que será inaugurada no dia 12 de fevereiro, em Paris e depois também em Portugal.

Diplomacia cultural deve ser cada vez mais um «um eixo estratégico»

A Ministra da Cultura, por sua vez, disse que o Plano Indicativo da Ação Cultural Externa «visa ser um instrumento que, a cada ano, planeia atividades culturais um pouco por todo o mundo e fá-lo de uma forma estruturada e organizada, colocando as diferentes entidades da área da Cultura e dos Negócios Estrangeiros a trabalhar no mesmo sentido».

Graça Fonseca disse também que o objetivo é que «a diplomacia cultural seja cada vez mais um eixo estratégico da relação entre as nossas áreas do Governo e, acima de tudo, de projeção do País».

«É esse o objetivo que nos tem unido ao longo dos últimos anos», frisou.

Entre as várias atividades realizadas em 2021, no âmbito do Plano, a Ministra referiu as iniciativas realizadas durante a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, o Centenário de Amália Rodrigues, o V Centenário da Circum-Navegação, as comemorações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, as Feiras Internacionais do Livro e as Linhas de apoio financeiro à tradução e edição.

Aceda aqui ao Plano Indicativo.

Fonte: Portugal.gov.pt

Veja Também