Prémio de Jornalismo Direitos Humanos & Integração 2021

Saber | Prémios
  • Data

    02.12.21

Foram divulgados os vencedores do Prémio de Jornalismo Direitos Humanos & Integração, uma iniciativa anual conjunta da Comissão Nacional da UNESCO e da Secretaria Geral da Presidência do Conselho de Ministros.

Na categoria de Rádio:

- Pobreza, periferia e pandemia, de Arlinda Brandão, difundida Antena 1;
- A serpente, o leão e o caçador, de Margarida David Cardoso, Ricardo Esteves Ribeiro, Joana Batista, Bernardo Afonso, difundida no Fumaça;
- Estamos juntos, de Cristina Lai Men, difundida na TSF;
- Fujacal: A escola que tem o mundo lá dentro, de Liliana Oliveira, difundida na Rádio Universitária do Minho;
- Escola sem abraços, de Celina Faria, difundida na Antena 1;
- As cartas que nunca escrevi, de Sara Rocha e Luís Borges, difundida na TSF;

Na categoria de Meios Audiovisuais:

- Manicómio, de Sandra Salvado, José Manuel de Almeida e Paulo Nunes, emitida na RTP
- O meu sangue é da cor do teu, de Mafalda Gameiro, emitida na RTP;
- The Special Ones, de Diogo Oliveira, Raul Losada, Pedro Manuel Henriques, Ivo Costa e Sónia Veloso, emitida na Sport TV;
- O espaço entre nós, de Miriam Alves, Rogério Esteves e Ricardo Tenreiro, emitida na SIC e SIC Notícias;
- Plástico, o novo continente, de Catarina Canelas, João Franco, Nelson Costa e Teresa Almeida, emitida na TVI.

O Prémio, num valor total de 10.000 €, visa reconhecer o trabalho desenvolvido por profissionais da comunicação social, a nível nacional, em prol dos direitos humanos e das liberdades fundamentais.

Foi ainda atribuído o Prémio de Imprensa Regional ao melhor trabalho publicado ou difundido num órgão de comunicação social regional e local, independentemente da categoria em que se insere.

A Cerimónia Pública de Entrega dos Prémios terá lugar no dia 10 de dezembro, pelas 18h00, no Palácio Foz.

Fonte: UNESCO

Veja Também