Esmat Elhalaby vence primeira edição do Prémio Amílcar Cabral

Saber | Prémios
  • Data

    21.12.21

O historiador Esmat Elhalaby, da Universidade de Toronto, Canadá, venceu a primeira edição do Prémio Amílcar Cabral, organizado pelo Instituto de História Contemporânea e o Padrão dos Descobrimentos.

Esmat Elhalaby, de ascendência palestiniana, especializado em História do Médio Oriente e do sul da Ásia, venceu o prémio com o artigo "Empire and Arab Indology", publicado na revista Modern Intellectual History, do universo da Cambridge University Press.

Foram ainda atribuídas menções honrosas a Oliver Crawford, da London School of Economics, e a Ismay Milford, da Universidade de Edimburgo.

O Prémio Amílcar Cabral foi criado, em 2021, pelo Instituto de História Contemporânea, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, e o Padrão dos Descobrimentos, com o propósito de reconhecer estudos científicos sobre "as resistências anticoloniais" desde o século XV até à atualidade.

 

Veja Também