Reabertura ao público Sala Azul do Palácio Nacional da Ajuda

Saber | Património
  • Data

    26.10.21

O Palácio Nacional da Ajuda reabre, hoje, ao público a Sala Azul após uma profunda intervenção de conservação e restauro realizada com o apoio mecenático da Fundação Bonte.

A existência de uma aguarela de Enrique Casanova, de 1889, permitiu a reconstituição museológica desta sala.

A Fundação Bonte investiu € 68.415,74 na conservação e restauro do mobiliário e na confeção de novos materiais, enquanto que a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) proporcionou a aquisição de sedas, restauro e instalação de iluminação no lustre e apliques, num total de € 18.872,34.

A intervenção representa um investimento total de € 87.288,08.

Fonte: DGPC

Veja Também