Apoio a Associações Culturais não profissionais da LVT

Saber | Artes
ⓒ Jean-Dominique POUPEL
  • Data

    18.08.21

A DGARTES divulgou os resultados provisórios da nova linha de financiamento destinada a apoiar a atividade regular de associações e coletividades da Região de Lisboa e Vale do Tejo, de que são exemplo as bandas filarmónicas, os grupos de teatro de amadores e grupos de etnografia.

Assim, serão apoiadas 65 entidades: 41 na área da música, 11 na área de teatro, 7 na área de cruzamento disciplinar, 5 na área de dança e 1 na área de artes plásticas.

Com um montante global de 300 mil euros, esta linha de financiamento atribui um máximo de 5 mil euros por candidatura, destinando-se a iniciativas que contribuam para fortalecer as relações de trabalho entre equipamentos e agentes culturais não profissionais, estimular a criação de redes, promover o desenvolvimento de novos públicos e incentivar a participação ativa das populações na atividade artística local e regional.

O apoio financeiro agora concedido permite dar resposta às necessidades ou aptidões específicas da Região, contribuindo para o acesso e fruição cultural das respetivas populações.

Cabe salientar que este novo apoio decorre do facto de a DGARTES ter sucedido nas atribuições da ex-Direção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo no âmbito do apoio a entidades culturais não profissionais dessa região.

Fonte: DGARTES

Veja Também