Ana Luísa Amaral vence Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana

Saber | Prémios
©Universidad de Salamanca
  • Data

    31.05.21

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, felicita a poeta, ensaísta, tradutora e professora Ana Luísa Amaral, que venceu o XXX Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana, um dos mais importantes prémios de poesia e que vem reconhecer o seu contributo inestimável para o património literário comum aos povos de expressão ibero-americana.

Com um percurso autoral amplamente premiado, tanto em Portugal como no estrangeiro, o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana vem somar-se ao reconhecimento nacional e internacional de uma das vozes mais originais da literatura portuguesa dos últimos trinta anos e de uma obra que, partindo do seu centro nevrálgico na poesia, se desenvolve também, em paralelo e em permanente diálogo, com o teatro, a narrativa, a literatura infantil, o ensaio e a tradução. Entre outros aspetos, o trabalho de Ana Luísa Amaral tem sido fundamental para dar voz e destaque ao património literário construído no feminino.

“What's in a Name” (Assírio & Alvim, 2017), uma das suas obras de poesia mais recentes, foi publicada em 2020 em Espanha, com o apoio do Ministério da Cultura, através da Linha de Apoio à Tradução e Edição. 

Fonte: Gabinete MC

Veja Também