IBERCENA APOIA PROJETOS ARTÍSTICOS PORTUGUESES

Saber | Apoios
  • Data

    23.12.20

Já foram divulgados os resultados das Linhas de Apoio promovidas pelo Programa IBERCENA 2020/2021, que incluem, pela primeira vez, o apoio a projetos artísticos portugueses, após adesão de Portugal (ao programa) promovida pela DGARTES.

Assim, das 51 estruturas artísticas portuguesas candidatas, 14 serão apoiadas — 6 através da linha de apoio à criação em residência, 3 através da linha de apoio à coprodução de artes cénicas e 5 através da linha de apoio à programação de festivais — número que representa 27% do total de projetos apoiados.

O IBERCENA irá atribuir financiamento a 112 projetos artísticos nos 16 países membros: 28 projetos serão apoiados pela linha de apoio à criação em residência, com um total de 145.390,29 €; 41 pela linha de apoio à coprodução, com 410.672,35 €; e 43 pela linha de apoio à programação de festivais, com 401.711,92 €.

Portugal, através da DGARTES, foi o segundo país que mais contribuiu para este programa, com um valor global aproximado de 112.500,00 € em 2020.

O Programa IBERCENA, criado em 2006, é um Fundo de Ajuda para as Artes Cénicas Ibero-americanas e que integra 16 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai, Cuba e Portugal, sendo que a DGARTES integrou a rede IBERCENA em novembro de 2019, na qualidade de representante de Portugal no Programa, viabilizando, assim, a participação das estruturas artísticas portuguesas.

Saber mais: DGARTES

Fonte: DGARTES

Veja Também