Teatro proibido e censurado em Portugal no século XIX

Saber | Teatro
  • Data

    23.11.20

A equipa multidisciplinar do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e da Universidade Aberta, coordenada por José Camões, levou a cabo o inventário e estudo crítico do repertório dramático sujeito à censura em Portugal ao longo do século XIX denominado "Teatro proibido e censurado em Portugal no século XIX".

Entre os vários textos disponibilizados, podem encontrar-se os "cortes e intervenções da censura sobre peças de autores como Voltaire, Alexandre Dumas ou Georges Sand, além de dezenas de dramaturgos nacionais e estrangeiros, que circularam ou foram impressas em território português". 

Segundo a Gulbenkian o presente estudo "contribuiu significativamente para contextualizar a receção crítica do género dramático e compreender o papel da censura na cultura portuguesa durante e após o Antigo Regime".

O projeto contou com o apoio do Programa Gulbenkian Cultura da Fundação.

Saber mais: Teatro proibido e censurado em Portugal no século XIX

Veja Também