ESTUDO "THE ECONOMIC IMPACT OF MUSIC IN EUROPE"

Saber | Música
  • Data

    19.11.20

A Federação Internacional da Indústria Fonográfica - International Federation of the Phonographic Industry (IFPI) divulgou o estudo "The Economic Impact of Music in Europe" realizado pela Oxford Economics.

O Estudo, que reporta a dados de 2018, refere que o setor da música contava, em 2018, com dois milhões de trabalhadores e contribuía com cerca de 82 mil milhões de euros para a economia do espaço da União Europeia.

O estudo inclui informação de toda a cadeia do setor, como estúdios de gravação, editoras, serviços de música, ensino, salas de espetáculos, intérpretes, compositores e agenciamento.

No espaço da União Europeia existem 7.400 editoras discográficas, das quais 1.670 se localizam no Reino Unido, 910 na Alemanha, 800 em França, 770 em Espanha e 110 em Portugal.

A Federação Internacional da Indústria Fonográfica sublinha a importância deste estudo, perante a escassez de dados estatísticos sobre o setor da música e de outras indústrias criativas, sobretudo para futuras tomadas de posição tanto ao nível de responsáveis da indústria como dos decisores políticos.

Saber mais: "THE ECONOMIC IMPACT OF MUSIC IN EUROPE"

Veja Também