Divulgados resultados do Prêmio Ibermuseus de Educação

Saber | Prémios
  • Data

    18.09.20

Foram divulgados os resultados da 11ª edição do Prémio Ibermuseus de Educação, que contou com a participação de 210 projetos, de 16 países.

A presente edição foi direcionada para a realização de projetos virtuais, em resposta à situação imposta pelo COVID-19, tendo sido recebido projetos provenientes de 13 países – Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, México, Peru, Portugal e Uruguai.

Foram premiados 20 projetos que abordam temas como património histórico e cultural, infância, igualdade de género, culturas nativas, novas tecnologias, além da própria pandemia.

O primeiro prémio foi para o projeto Galería virtual para la infancia, do Museu Artequin Viña del Mar (Chile), o segundo prémio para a Arqueologia Social Inclusiva – Educar pelo Patrimônio nos Museus Orgânicos do Cariri, da Fundação Casa Grande Memorial do Homem Kariri (Brasil), e o terceiro lugar foi para o projeto La Magdalena, um Caudal de Mujeres, do Museu do Rio Magdalena (Colômbia).

Portugal foi também premiado com o projeto Memórias da Travessia do Museu Arqueológico Municipal José Monteiro. 

Todos os projetos serão incorporados no Banco de Boas Práticas do Ibermuseus, que atualmente conta com 240 iniciativas de 20 países da região.

Saber mais: Ibermuseus

Veja Também