Obras da coleção Miró classificadas como bens de interesse público

Saber | Artes
  • Data

    27.07.20

Foi hoje publicada, em Diário da República Eletrónico, a Portaria n.º 496/2020 que classifica como conjunto de bens de interesse público as 85 obras de arte da autoria de Joan Miró que integram a Coleção Joan Miró, propriedade do Estado Português.

Conforme indicado na referida portaria "as 85 obras de Joan Miró ora classificadas constituem um conjunto heterogéneo de criações realizadas ao longo de seis décadas, com recurso a diversos materiais, técnicas e suportes, incluindo, entre outros, óleos, aquarelas, desenhos, colagens e peças escultóricas, representando uma extensa e variada amostragem da obra do artista catalão. Desta forma, este grupo de peças pode ser visto como uma autêntica coleção, com o elevado número de trabalhos a contribuir tanto para o seu impacto artístico como para a sua importância enquanto documento para a compreensão dos métodos e investigações plásticas de Miró".

A classificação visa os 85 trabalhos provenientes da coleção do antigo Banco Português de Negócios (ex-BPN), depositados na Fundação de Serralves, no Porto.

Saber mais: Portaria 496/2020, de 27 de julho

Veja Também