Debate sobre Tráfico Ilícito de Bens Culturais - UNESCO

Saber | Património
  • Data

    25.06.20

No dia 26 de junho terá lugar um Debate alusivo à luta contra o tráfico ilícito de bens culturais promovido pela UNESCO.

"A pandemia da COVID-19 afetou a nossa sociedade de muitas formas diferentes: em primeiro lugar, em termos de saúde e, em segundo lugar, em termos socioeconómicos e culturais. Devido à prioridade dada às medidas de saúde e à restrição da circulação de pessoas, a vigilância dos sítios e museus culturais tem sido afetada. Isto conduziu a um aumento das escavações ilegais em sítios arqueológicos e do tráfico de bens culturais, incluindo online".

A reunião online de peritos da UNESCO centrar-se-á na forma de combater o aumento das escavações ilegais e do comércio ilegal online durante a crise da COVID-19, e em que medida o tráfico ilícito de bens culturais tem sido organizado durante a atual crise, bem como as medidas tomadas pelos vários intervenientes para reforçar a luta contra o tráfico ilícito de bens culturais e a forma como cada um de nós pode contribuir para combater este flagelo.

O debate será aberto e moderado por Ernesto Ottone R., Director-Geral Adjunto para a Cultura da UNESCO, e reunirá peritos internacionais em escavações ilegais e comércio online, incluindo Katie A. Paul e Amr Al Azm - Projecto ATHAR, Corrado Catesi - INTERPOL, Marian Schneider - UNIDROIT, Vincent Michel - Universidade de Poitiers, França, Mariya Polner - Organização Mundial das Alfândegas, Eva Martinez - Instituto de Antropologia e História das Honduras, Christos Tsirogannis - Universidade de Aarhus, Dinamarca, e Lazare Eloundou - UNESCO.

Saber mais: Debate sobre Tráfico Ilícito de Bens Culturais - UNESCO

Veja Também