Graça Morais distinguida com Medalha de Mérito Cultural

Saber | Cultura
©Jorge Amaral/Global Imagens
  • Data

    20.03.19

Graça Morais irá receber, no próximo dia 21 de março de 2019, a Medalha de Mérito Cultural, numa cerimónia que decorrerá, pelas 19h00, após a inauguração da exposição da pintora "Metamorfoses da Humanidade", no Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado.

A pintora Graça Morais nasceu em 1948 em Vieiro, Trás-os-Montes. Concluiu o Curso Superior de Pintura na Escola Superior de Belas Artes do Porto (ESBAP) em 1971. Atualmente reside e tem o seu atelier em Trás-os-Montes e em Lisboa. Entre 1976 a 79 viveu em Paris, como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. É membro da Academia Nacional de Belas Artes e de diversas associações, confrarias e fundações culturais.

Desde 1974, e até ao momento, realizou e participou em mais de uma centena de exposições individuais e coletivas, dentro e fora do país. Para além de reconhecida e divulgada, a sua obra plástica tem conquistado ao longo dos anos inúmeros prémios e distinções. 

A nota de imprensa do Ministério da Cultura refere que "O mérito do seu percurso na história da arte e da criação portuguesas ao longo de mais de 60 anos, constituindo-se exemplo referencial em Portugal e na história da arte contemporânea europeia, singulariza a escolha de agraciar Graça Morais com a Medalha de Mérito Cultural em nome do Governo Português".

Veja Também