Miranda do Douro

Concatedral de Miranda do Douro (antiga Sé)

Monumentos | Património

Elevada a antiga vila de Miranda à categoria de cidade e de sede de diocese em 1545, o projeto da Catedral apareceu em 1549, e as obras iniciaram-se em 1552 sob a direção de Gonçalo de Torralva e Miguel de Arruda. O projeto insere-se na tipologia de Sés mandadas construir por D. João III, com uma fachada harmónica – em que um corpo central é ladeado por duas poderosas torres -, e um interior em três naves abobadadas à maneira gótica, com cruzaria de ogivas de nervuras visíveis.

O retábulo-mor é já uma obra seiscentista, terminada em 1614, e deve-se ao trabalho de Gregório Fernández, mestre galego radicado em Valladolid e responsável por uma oficina bastante ativa durante o período maneirista. Igualmente digno de nota é o retábulo de Nosso Senhor da Piedade, em talha barroca de boa qualidade, e o órgão do século XVIII, de igual modo profusamente decorado com talha dourada.

Fonte: DRCN

Miranda do Douro

Ver direções

Como chegar
Latitude: 41.493128
Longitude: -6.273406

Largo da Sé, 0005-210 Miranda do Douro, Bragança Portugal
Horário

Verão: Terça: 14h00 às 18h00 | Quarta a Domingo: 10h00 às13h00; 14h00 às 18h00 Inverno: Terça: 14h00 às 17h30 | Quarta a Domingo: 09h30 às13h00; 14h00 às 17h30 Encerra: 1 jan, domingo de Páscoa, 10 jul, 1 maio e 25 dez

Preço

Entrada livre

Contacto
Tel:273430025

Veja Também