DGLAB e Instituto Camões assinam protocolo para programa de apoio à tradução e edição literária

Saber | Cultura
  • Data

    31.07.19

A Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e o Instituto Camões assinam, hoje, um protocolo para estabelecimento de um programa de apoio à tradução e edição literária, que inclui ainda a sua divulgação a editoras estrangeiras e em feiras internacionais.

Na presente cerimónia será ainda assinado o protocolo para a criação, edição e publicação do "Catálogo Gram Bem Querer -- Mostra de Literatura em Língua Portuguesa", cujo objetivo é criar um livro, de edição anual, "composto por excertos traduzidos de obras de autores de língua portuguesa", para promover e divulgar o "património bibliográfico" português, em países estrangeiros.

Os dois protocolos pretendem "consolidar uma estratégia partilhada e integrada para o setor do livro" e "representam uma concretização prática do Programa de Ação Cultural Externa", promovido pelo atual Governo.

A cerimónia que terá lugar na Biblioteca do Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, contará com a presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, bem como representantes do Camões -- Instituto da Cooperação e da Língua, da DGLAB e da Imprensa Nacional Casa da Moeda.

Veja Também