Coro Polifónico EBORAE MVSICA premiado em ITÁLIA

Saber | Música
  • Data

    29.07.19

O Coro Polifónico Eborae Mvsica foi premiado no VIII Festival Internacional de Coros e Orquestra de Florença, Itália, que decorreu de 24 a 27 de julho, tendo-lhe sido atribuídos o Prémio Especial Melhor Reportório, o 1.º prémio de Interpretação de Música Sacra e o 2.º prémio da modalidade do Coros Mistos.

No presente concurso, que contou com a participação de 13 Coros, o Coro Eborae Mvsica interpretou polifonia da Escola de Música da Sé de Évora, dos séculos XVI e XVII e de Fernando Lopes Graça.

O Coro Polifónico Eboræ Mvsica fez a sua primeira apresentação pública, em setembro de 1987, incluído no acontecimento cultural "Os Povos e as Artes", tendo realizado diversas atuações ao longo da sua existência, interpretando não só a polifonia da Escola de Música da Sé de Évora (séc. XVI e XVII), como também outras obras de diferentes épocas. 

O Coro Polifónico foi dirigido desde o seu primeiro momento, e até outubro de 1991, pelo seu impulsionador, Dr. Adelino Santos, pessoa ligada há vários anos ao meio musical eborense. A partir de 1991, e até 1997, passou a contar com a regência do Maestro Francisco d'Orey, de mérito reconhecido a nível nacional e internacional, e desde princípios de 1997, e até maio de 2013 o grupo contou com a Direção de Pedro Teixeira. Atualmente, e desde maio de 2013 conta com a direção do Maestro Eduardo Martins.

 

 

Veja Também