Governo distingue poeta Fernando Echevarría

Saber | Livro
  • Data

    20.02.19

No próximo dia 26 de fevereiro, será atribuída ao poeta Fernando Echevarría a Medalha de Mérito Cultural em “reconhecimento do inestimável trabalho difundindo a Língua e a Cultura portuguesas”.

“Entende o Governo Português prestar pública homenagem” a Fernando Echevarría, “em reconhecimento do inestimável trabalho de uma vida dedicada à poesia e à escrita, difundindo a Língua e a Cultura portuguesas, ao longo de mais de sessenta anos”, segundo nota de imprensa do Ministério da Cultura.

A cerimónia que terá lugar na Biblioteca Municipal Almeida Garret (Porto), pelas 10h30, e contará com a presença da Ministra da Cultura, Graça Fonseca.

O poeta irá assim juntar a Medalha de Mérito Cultural a outras distinções que tem recebido, ao longo da sua longa carreira profissional, como sejam o Grande Prémio de Poesia APE/CTT, em 1981, pela obra “Introdução à Filosofia”, em 1991, por “Sobre os Mortos”, e em 2009, por “Lugar de Estudo”, o Grande Prémio de Poesia do P.E.N. Clube Português, em 1982, também por “Introdução à Filosofia”, e em 1999, pelo título “Geórgicas” que lhe valeu também, em 1999, os prémios de Poesia Luís Miguel Nava e Nacional de Poesia António Ramos Rosa, entre outras distinções. O poeta foi ainda distinguido com o Prémio de Cultura Padre Manuel Antunes, em 2005, e homenageado em 2010, no Tributo de Consagração da Fundação Inês de Castro, de Coimbra. Em 2007, o então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, condecorou-o com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Veja Também