Maestro Antonio Pirolli é o novo titular da Orquestra Sinfónica Portuguesa

Saber | Cultura
  • Data

    23.11.21

Antonio Pirolli será, a partir de janeiro de 2022, o novo maestro titular da Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP), rendendo no cargo a maestrina Joana Carneiro, que cessa funções no final do ano.

O italiano Antonio Pirolli desempenhava, desde outubro de 2019 as funções de maestro convidado principal da OSP, tendo dirigido pela primeira vez a orquestra em julho de 2000, na ópera "Um Baile de Máscaras", de Verdi.

Pirolli dirigiu, em outubro 2020, a ópera "La Wally", de Catalani, no Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC), e, em janeiro passado, o Concerto de Ano Novo da OSP.

A nomeação de Pirolli, sob proposta da diretora artística do TNSC, Elisabete Matos, "surge na sequência das funções que tem desempenhado desde outubro de 2019", refere o Opart, salientando "a sua dedicação e competência".

O Organismo de Produção Artística (Opart) tutela o Teatro Nacional de S. Carlos e o respetivo Coro, a Orquestra Sinfónica Portuguesa e a Companhia Nacional de Bailado.

Fonte: RTP

Veja Também