Lisboa | De 16.09.21 a 31.10.21

Juventude Inquieta

Teatro | Teatro
  • Onde

    Teatro Nacional D.Maria II

  • Preço

    Sob consulta

  • Informações

    Saber mais: Juventude Inquieta

As utopias, sonhos e aspirações políticas de jovens de diferentes épocas.

A relação entre os acontecimentos históricos e as suas representações no presente é um dos eixos fundadores do trabalho de Joana Craveiro. Neste regresso ao D. Maria II com o seu Teatro do Vestido, lança um olhar sobre os sonhos e as aspirações da juventude em diferentes épocas. A inspiração provém do romance de Augusto Abelaira, A Cidade das Flores, de 1959. Passado em Florença, na época da ascensão e afirmação do fascismo de Benito Mussolini (porque Abelaira não o podia situar em Portugal ou seria censurado), este livro tem inspirado e levado a refletir sobre a resistência ou a luta ativa contra os sistemas autoritários – velhos e novos - e a inércia que se instala. Inércia esta à qual, em tempos, se dava o nome de conformismo, resignação, ou mesmo, colaboração. Escrevia Abelaira em 1961, "tenho esperança de que, dentro de 50 anos, A Cidade das Flores já não seja lida”. O seu desejo, contudo, não se cumpriu. Juventude Inquieta cruza várias gerações de intérpretes-criadoras/es em cena, debruçando-se sobre o mesmo conjunto de questões: como se avança daqui para a frente? Como se combate a ascensão dos velhos e novos fascismos? Haverá uma cidade das flores que nos espera?

Conversa com artistas após o espetáculo
17 out > dom, 16h

Sessão com interpretação em Língua Gestual Portuguesa
24 out > dom, 16h

Sessão com Audiodescrição
31 out > dom, 16h

Fonte: TNDMII

Ver direções

Veja Também