Évora | De 11.07.24 a 27.07.24

A Sapateira Prodigiosa

Espetáculos | Teatro

Em 1933, aquando da encenação que dirigiu, disse-nos o autor: “A sapateira é uma farsa, ou melhor, um exemplo poético da alma humana, e apenas ela tem importância dentro da peça. As restantes personagens limitam-se a servi-la. A cor da obra é acessória e não fundamental como noutra espécie de teatro. Eu próprio poderia ter situado este mito entre os esquimós. A palavra e o ritmo podem ser andaluzes, mas não a substância. E a sapateira não é uma mulher em especial, mas todas as mulheres... No coração de todos os espectadores, há uma sapateira que voa.”

Sugestões de Agenda