Porto | De 20.09.21 a 11.10.22

LEITURAS NO MOSTEIRO

Encontros | Literatura

“Tupi or not tupi”, é uma das questões. A 7 de setembro comemora-se o bicentenário da independência do Brasil. Treze dias depois, arranca mais um ciclo de programação das Leituras no Mosteiro. O Brasil, país irmão separado pela mesma língua, é o país-tema.

O ato de independência é uma das magníficas obsessões do teatro brasileiro, glosado como tragédia ou como farsa: as conspirações, o “grito de Ipiranga”, o coração de D. Pedro, imperador bífido, I do Brasil, IV de Portugal. Com a colaboração da Mostra São Palco, festival de teatro brasileiro produzido pelo Teatrão de Coimbra, as quatro sessões organizam-se em torno da obra de treze dramaturgos contemporâneos, distribuídos por quatro núcleos temáticos. A uni-los, vamos encontrar as irresolvidas questões identitárias, reflexo de um processo de descolonização ainda em curso.

A 11 de outubro, promovemos uma leitura extra dedicada a Salette Tavares (1922-94). Poeta, performer, educadora, é uma figura notável da vanguarda artística portuguesa do séc. XX. Esta sessão resulta de parcerias com o Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa e a Universidade Fernando Pessoa, e inscreve-se no programa Reencontrar Salette Tavares. Cem Anos Agora: Educar, Brincar, Comunicar.

Fonte: TNSJ

Ver direções

Veja Também