Lisboa | De 29.11.22 a 30.11.22

Fernando Pessoa e a Filosofia em Portugal

Colóquio | Literatura

A obra pessoana tem sido alvo de inúmeras reflexões filosóficas de pensadores portugueses, como é o caso de José Marinho, Agostinho da Silva, Eduardo Lourenço, José Gil, entre muitos outros, que têm chamado a atenção para a relevância filosófica da criação poética de Pessoa.

O espólio de Fernando Pessoa apresenta-nos inúmeros escritos filosóficos - assinados por múltiplas personalidades literárias - que o autor deixou inéditos à data da sua morte, para além de textos de cariz filosófico publicados em vida do autor.

A obra de Pessoa apresenta, por outro lado, indícios de diálogo com inúmeros autores da tradição filosófica portuguesa, como Francisco Sanches, Antero de Quental, Sampaio Bruno, Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes e Raul Leal, citados e debatidos ao longo dos escritos de Fernando Pessoa.

Todos estes elementos são prova bastante da existência de uma obra filosófica pessoana e, portanto, para a integração dos escritos de Pessoa no âmbito da filosofia em Portugal.

Tendo todos estes aspetos em consideração, o presente colóquio constitui-se como um palco de diálogo que permita visa mostrar as múltiplas e multifacetadas relações entre Pessoa e o pensamento filosófico português.

Fonte: BNP

Ver direções

Veja Também