Porto | De 26.11.22 a 26.11.22

Diz toda a verdade mas di-la oblíqua

Encontros | Poesia

Agora que Ana Luísa Amaral (1956-2022) nos deixou, é altura de regressarmos às palavras dela. Vamos ouvi-las no palco do Teatro São João, quando o Ensemble estrear Bruscamente no Verão Passado, a peça de Tennessee Williams que ela mudou para português, e que publicaremos em livro.

Uns dias mais tarde, no Salão Nobre, lemos os poemas dela e os poemas de autores que amorosamente traduziu, como Shakespeare, Emily Dickinson, Louise Glück, Elizabeth Bishop ou John Updike. Poemas selecionados pela ensaísta Rosa Maria Martelo e lidos, entre outros, por atores do elenco de Bruscamente no Verão Passado.

Fonte: TNSJ

Ver direções

Veja Também