Almada | De 10.10.20 a 10.10.20

Vivo ama morta | Ensemble - Sociedade de Actores

Artes Performativas | Teatro

Uma mulher morre sozinha.
Ou quase sozinha. Um enfermeiro assiste ao seu último suspiro — e apaixona-se.
Contra a família (entretanto aparecida), as instituições que a querem despachar para o mundo dos mortos (hospital, funerária, igreja) e a sociedade que não vê com bons olhos relacionamentos assim fracturantes (coro da opinião pública), o homem tenta seduzir a mulher. Este amor delicado, frágil, conseguirá vencer tantas e tão fortes barreiras?

Fonte: Teatro Municipal Joaquim Benite

Ver direções

Veja Também