Lisboa

Forte de Sacavém

Arquitetura | Arquivo
©DGPC

Situado na margem direita do rio Trancão, junto à sua foz, no cimo do pequeno morro designado Monte Cintra, a cerca de 35 metros de altitude, o Forte de Sacavém, ou Reduto do Monte Cintra, é uma construção militar oitocentista edificada no âmbito das obras de fortificação da capital, que formaram o Campo Entrincheirado de Lisboa, delineadas após o término da guerra civil. Detentor de uma posição estratégica privilegiada, este reduto apoiava os fortes de Almada e de São Julião da Barra, defendendo a linha do rio até Sacavém, bem como o vale de Odivelas e a serra de Monsanto.

Apresenta uma planta pentagonal irregular (tipo Vauban), rodeado por fosso, com contra-escarpa e esplanada, de acentuada pendente para o exterior, que, formando duas massas de terra sobrepostas, encobrem grande parte da sua construção, criando a ilusão de um pequeno outeiro, o que o torna quase invisível quando visto de uma altitude mais baixa. O Forte de Sacavém segue a tipologia das fortificações voltadas para o interior do recinto, fazendo do terrapleno interior o centro de todas as atividades desenvolvidas no reduto e pelo qual se articulavam os três principais núcleos construtivos.

O Forte de Sacavém guarda atualmente o maior arquivo de arquitetura do país, com um espólio documental composto por mais de 500 mil peças desenhadas, 7 quilómetros de prateleiras de processos administrativos e 300 mil fotografias de edifícios e monumentos nacionais.

Lisboa

Ver direções

Como chegar

Comboio: Linha da Alcântara/Azambuja e Sintra/Alverca (Estação de Sacavém).
Autocarro: Rodoviária de Lisboa - Carreira 313 - Lisboa (Campo Grande) via Sacavém.

Horário

2ª a 4ª, 9h30-12h30 e 14h00 às 17h00 (apenas mediante marcação prévia)
Encerra: fins-de-semana, feriados nacionais, feriado municipal de Lisboa, e de 24 a 31 de dezembro

Contacto

Tel.: +351 219 427 780
Fax: +351 219 427 78
Site: www.monumentos.pt

Veja Também